Edital de R$ 3 milhões financia proteção social para crianças

Edital de R$ 3 milhões financia proteção social para crianças
Facebook
Twitter
WhatsApp

A Prefeitura de Niterói lança um edital de fomento para financiar projetos voltados à proteção social de crianças e adolescentes. Serão selecionadas 45 propostas que promoverão diversas ações socioeducativas, culturais, esportivas e de economia solidária.

Fortalecimento de Vínculos e Economia Solidária em Niterói

O edital contempla cinco eixos principais. O primeiro é “Fortalecimento de Vínculos Sociais e Comunitários”, focado no fortalecimento de vínculos familiares, comunitários e socioeducacionais.

O segundo eixo, “Trabalho Social e Economia Solidária”, beneficia ações de solidariedade universal, economia doméstica, criativa e solidária.

Medidas Socioeducativas e Combate à Violência

Outro eixo é “Medidas Socioeducativas para Privação de Liberdade”, apoiando a reintegração social e reeducação psicossocial de jovens em medidas legais.

No eixo “Combate à Violência e Exploração Infanto-Juvenil”, selecionam-se ações de prevenção à violação de direitos e formas de exploração de crianças e adolescentes.

Investimentos e Impacto Social

As faixas de fomento variam entre R$ 25 mil e R$ 100 mil, abrangendo iniciativas de pequeno, médio e grande porte. O edital é uma conquista significativa para o Terceiro Setor, que atua com foco em crianças e adolescentes em Niterói.

Prefeito Axel Grael considera o edital uma importante conquista, fruto das discussões do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Niterói (CMDCA).

Elton Teixeira, Secretário de Assistência Social, destaca a missão de criar espaços protetivos e acolhedores, estimulando a convivência social e o protagonismo juvenil.

Christa Vogel Grael, primeira-dama de Niterói, ressalta a importância da profissionalização das organizações sociais, fortalecendo ações voltadas às crianças e adolescentes necessitados.

Este edital promete um impacto significativo no fortalecimento do Terceiro Setor, incentivando mais empresas a contribuírem para o Fundo Municipal para a Infância e Adolescência.

  • Fortalecimento de vínculos sociais
  • Economia solidária
  • Reintegração social de jovens
  • Prevenção à violação de direitos
Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Mais