Violência doméstica: Profissional de Jiu-Jítsu é detido após seis horas de tortura

Professor de Jiu-Jítsu Preso por Agredir Ex-Mulher no RJ
Facebook
Twitter
WhatsApp

O professor de jiu-jítsu, Marcio de Oliveira Barreto, foi preso pela 27ª DP (Vicente de Carvalho) por agredir e manter sua ex-mulher, Adriana Freitas Barreto, refém por seis horas.

O caso chocante ocorreu no Rio de Janeiro, e a vítima conseguiu escapar pulando do carro em movimento, buscando socorro junto a frentistas. Marcas visíveis das agressões permanecem no rosto e corpo de Adriana.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Mais