Irregularidades em licitação obriga organização social a restituir R$ 9 Milhões à Prefeitura de Maricá

Irregularidades em Licitação Obriga Organização Social a Restituir R$ 9 Milhões à Prefeitura de Maricá
Facebook
Twitter
WhatsApp

A Associação Saúde em Movimento (ASM), uma organização social que administra o Hospital Municipal Dr. Ernesto Che Guevara em Maricá, está enfrentando uma situação delicada.

Após a identificação de irregularidades em uma licitação da Secretaria de Saúde, a ASM terá que devolver mais de R$ 9 milhões aos cofres do município. A denúncia inicial veio do deputado estadual Filippe Poubel (PL) por meio das redes sociais e do Sistema de Ouvidoria do Ministério Público.

Uma ação civil pública movida pelo MPRJ agora busca a anulação do contrato da ASM pela Prefeitura de Maricá, argumentando que a entidade violou princípios administrativos essenciais e colocou em risco a saúde e a vida dos cidadãos da região.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Mais