Detenção de ex-namorado: Polícia Civil esclarece assassinato de servidor do TRE-RJ

Detenção de Ex-Namorado: Polícia Civil Esclarece Assassinato de Servidor do TRE-RJ
Facebook
Twitter
WhatsApp

Um desdobramento surpreendente marcou a investigação do desaparecimento de Sérgio Ricardo Leite de Souza, servidor do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). As autoridades conseguiram prender o ex-namorado da vítima, Rodrigo Rodrigues, acusado de ser o mentor do assassinato.

A trama que envolve o crime é intrigante. De acordo com as evidências, a vítima foi atraída para uma armadilha elaborada por um grupo que criou uma identidade falsa online. O suposto encontro amoroso se transformou em um plano de extorsão macabro.

As investigações apontam que Rodrigo Rodrigues, ex-namorado de Sérgio, desempenhou um papel central no crime. Ele atraiu Sérgio para um imóvel na Penha Circular, Zona Norte do Rio de Janeiro, onde o servidor foi submetido a tortura e coagido a efetuar transferências bancárias sob ameaça.

Detalhes chocantes surgiram: Rodrigo transferiu R$ 20,9 mil e R$ 9,9 mil da conta de Sérgio para sua própria conta, além de realizar um empréstimo fraudulento de R$ 90 mil em nome da vítima. Tragicamente, o desfecho foi a morte de Sérgio dentro da residência.

O corpo carbonizado de Sérgio foi encontrado na Baixada Fluminense, em Xerém, Duque de Caxias, na terça-feira (22). Alejandre Nascimento, cúmplice no crime, também foi detido. A participação de Rodrigo e Alejandre no plano engenhoso veio à tona: Rodrigo forjou a identidade da persona com quem Sérgio vinha interagindo online, e Alejandre se fez passar por essa pessoa no encontro fatal.

Apesar dos avanços na investigação, mistérios ainda persistem. A polícia continua procurando pelo veículo da vítima, que foi visto seguindo em direção à Baixada Fluminense. Rodney de Freitas, tio de Rodrigo e principal suspeito, está foragido.

Elen Souto, delegada à frente do caso, ressaltou que outras figuras estão ligadas ao crime e se beneficiaram das transferências ilícitas. Os acusados enfrentarão múltiplas acusações, incluindo extorsão qualificada, homicídio qualificado, ocultação de cadáver e roubo de veículo.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Mais