Estudante de escola municipal de Itaboraí estreia com livro na 40ª Bienal

Estudante de escola municipal de Itaboraí estreia com livro na 40ª Bienal
Facebook
Twitter
WhatsApp

Nicolle Monteiro, aluna da Escola Municipal Antônio Joaquim da Silva em Manilha, é a jovem representante de Itaboraí na 40ª Bienal do Livro, que acontece na Zona Oeste do Rio. Com apenas 15 anos, Nicolle lançará seu livro “Nas Asas da Literatura” com direito a sessão de autógrafos no próximo domingo (10/09) durante a celebração do maior evento literário do Brasil.

Residente de Manilha, Nicolle iniciou sua trajetória educacional na Creche Escola Municipal Hortair Da Silva e atualmente cursa o 8º ano do ensino fundamental na Escola Municipal Antônio Joaquim da Silva, também em Manilha. Seu amor pela literatura e pela poesia floresceu aos quatro anos de idade, e desde então, ela tem aprimorado suas habilidades nas aulas, nas visitas à sala de leitura da escola e na Biblioteca Municipal Joaquim Manuel de Macedo, situada no Centro de Itaboraí.

“Sempre fui profundamente apaixonada pela leitura, e posso afirmar sem hesitação que a literatura tem o poder de salvar e curar vidas. Eu mesma sou um exemplo disso. Durante uma internação de nove dias devido a um problema pulmonar, a literatura se tornou minha aliada no tratamento, e assim nasceu meu livro ‘Nas Asas da Literatura’. Nessa obra, compartilho minha história de fé e superação, buscando inspirar outras pessoas a não desistirem de seus sonhos”, afirmou Nicolle.

A jovem faz questão de enaltecer o papel essencial dos professores em sua jornada, que a apoiaram nas aulas e nas visitas à sala de leitura.

“Sem o apoio dos meus professores, eu jamais teria concretizado meu sonho de escrever livros e participar da Bienal do Livro, que sempre foi meu maior desejo. Eles sempre me incentivaram, acreditaram em mim e se esforçaram ao máximo para me ajudar a concretizar o sonho de escrever um livro e apresentá-lo na maior feira literária do Brasil. Sou imensamente grata a todos eles, que me orientaram e aconselharam. É uma sensação maravilhosa saber que a escola está ao meu lado, e representar a cidade de Itaboraí na Bienal é motivo de enorme alegria para mim e minha família”, concluiu.

Facebook
Twitter
WhatsApp

Leia Mais